1978 – Formação dos Xutos e Pontapés em Almada

x0b
1978 – Em viagem pela Europa, Zé Pedro e Kalú vão ao festival punk de Mont-de-Marsan, em França. Vão cada um para seu lado e ainda não se conhecem, mas ficam com o “bichinho”.
De regresso a Portugal Zé Pedro conhece os Faíscas, cede-lhes a garagem dos pais para a sala de ensaios e é nomeado manager oficial.
É nessa garagem que começa a germinar a semente. Zé Pedro, Zé Leonel e Paulo Borges chamam-se Delirium Tremens, fazem audição ao Kalú, mudam de nome para Xutos & Pontapés depois de Beijinhos & Parabéns não ter sido aprovado. Borges não aquece o lugar e chega Tim para completar o quarteto inicial.
Tim, vocalista dos Xutos & Pontapés, encontra-se a preparar um novo projeto musical pensado como um tributo a Almada. “É uma cidade com que tenho uma longa história”, explica à BLITZ o músico e vocalista “Era daqui que eu atravessava o rio para ir para os ensaios nos primeiros tempos dos Xutos e foi aqui que durante muito tempo tivemos a nossa sala de ensaios”, recorda.

x1

Gabriel Quaresma

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s