vídeo Henrique Carreiras um homem de Almada

Henrique Rosa Carreiras

henriquecarreiras20aa

Nasceu a 22 de Novembro de 1947
Frequentou a Escola Secundária Fernão Mendes Pinto e Emidio Navarro em Almada.
iniciou a sua actividade profissional no Alfeite onde permaneceu de 1964 a 1968. De 1973 a 1983 foi trabalhador na Lisnave, exercendo a profissão de Operário Qualificado – Serralheiro. Neste período, destacou-se na acção sindical com a mesma dedicação e entusiasmo que o viriam a caracterizar em todas as suas missões futuras.
Eleito pela primeira vez nas eleições de Dezembro de 1985 pela lista da CDU, Coligação Democrática Unitária e enquanto Membro do PCP, viria a ser sucessivamente reeleito para seis mandatos consecutivos, o 1º sob a Presidência de José Martins Vieira e os cinco últimos sob a Presidência de Maria Emília de Sousa.

Com o pelouro das Obras Municipais e Equipamento Mecânico de 1986 a 1989, viria no mandato de 1989 a 1993 a ser responsável também pela Habitação e Núcleos Históricos, assumindo então o lugar de vogal no Conselho de Administração dos SMAS ao qual assumiria a Presidência em 1991.

Para além destas missões públicas, Henrique Carreiras foi ainda primeiro Responsável Municipal da Protecção Civil, Responsável pelo Serviço de Saúde Ocupacional da CMA/SMAS, Presidente do Conselho Fiscal da AGENEAL – Agência Municipal de Energia, tendo pertencido, ainda, durante 15 anos ao Conselho de Administração da Associação de Municípios do Distrito/Região de Setúbal.


Ao longo de 22 anos, o Vereador Henrique Carreiras viu a sua acção ligada a uma actividade de grande importância e profundamente transformadora da realidade almadense. As infra-estruturas básicas, viárias e de saneamento, a iluminação pública e a mobilidade, as primeiras grandes acções de intervenção e beneficiação do Parque Escolar, como também a construção de novas escolas durante a década de 80, foram alguns dos exemplos da acção impulsionadora deste autarca profundamente ligado ao Concelho de Almada. O cidadão Henrique Rosa Carreiras foi até 4 de Julho de 2007, um membro activo do executivo camarário de Almada.

Pelo seu contributo na conversão do Poder Local Democrático, num grande instrumento capaz de melhorar o Concelho e a qualidade de vida dos Almadenses, a Câmara Municipal de Almada por deliberação de 20 de Junho de 2007, atribuiu a Henrique Carreiras a Medalha de Ouro da Cidade.

Boletim Municipal

carreira10
Dedicação e competência

Henrique Rosa Carreiras cessa funções no município

Ao cabo de quase vinte e dois anos de serviço deixa o Pelouro da Protecção Civil
Municipal e a presidência do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados
de Água e Saneamento de Almada. Pelas suas qualidades humanas granjeou a simpatia, respeito e admiração de todos quantos com ele privaram.
Originário da classe operária – serralheiro da
construção naval – conheceu bem as necessidades sociais dos mais desfavorecidos e ganhou hábitos de trabalho que o levavam a ser sempre o primeiro a entrar ao serviço.
Na liderança da administração dos SMAS evidenciou a capacidade de gestão para criar a autonomia
financeira e dotar aqueles serviços dos mecanismos que os colocou no ponto mais alto de eficiência e da qualidade que devem ser apanágio de qualquer serviço público.
No Pelouro da Protecção Civil Municipal contribuiu para a instalação de um serviço que é considerado
como o mais bem estruturado do País, não deixando de estar sempre presente no «teatro das operações»,
por mais difíceis que fossem as condições.
Deixa o Município por poderosos motivos de saúde, legando um passado de dedicação, competência e um elevado sentido humano, deixando um amigo em cada trabalhador que dirigiu.
Na hora da despedida de funções, Almada solicitou-lhe um balanço de tantos anos de actividade autárquica.

A – As razões da sua saída são muito fortes?

HC – Infelizmente, as razões da saída prendem-se com a minha
saúde. Há alguns anos que os médicos, especialmente dois que
me acompanham regularmente e a quem estou profundamente
grato, vêm alertando que na minha actual condição de saúde
não devo estar exposto ao stress e à pressão das funções que
desempenho. Segundo eles, deverei passar a ter uma vida menos
acelerada, portanto, a solução é a saída.

A – Sai com a consciência plena de ter dado o seu contributo para a sociedade, em particular para os munícipes do concelho de Almada?

HC – Empenhei-me até ao limite das minhas forças, com muitas
horas diárias de trabalho para desempenhar bem as funções
para que fui eleito. Parto de consciência tranquila em relação a
tudo aquilo que fiz, porque quem está nesta vida tem de ter
uma disponibilidade total para as pessoas e para as instituições.
A família – um bastião de apoio
Uma actividade que exige uma dedicação total, quase vinte e
quatro horas por dia de disponibilidade, só pode ser
desempenhada por alguém que tem na sua família um forte e
estimulante apoio. Henrique Carreiras reconhece e enaltece esse
apoio:
HC – Os familiares próximos são sempre os que mais sofrem
com a nossa ausência, mas tem havido uma grande
compreensão, porque se ela não existisse dificilmente poderia
dar conta do recado. É preciso alguém que está na retaguarda,
aquele alguém que os outros quase nunca vêem, mas que está
sempre no sítio certo para ajudar e esse alguém é a minha
esposa.

A – Gostava que nos falasse dos seus primeiros passos na vida política?

HC – Foi muito duro. Quando vim para a Câmara tinha apenas
a experiência de uma participação na União dos Sindicatos de
Almada que integrava o Conselho Municipal, um órgão
consultivo que existiu e que acabou por ser extinto. Não passei
por nenhum outro órgão autárquico. Em 1986, quando fui
eleito para a autarquia não havia directores de departamento,
nem chefes de divisão. E isso não é fácil para quem chega,
sobretudo numa época em que os recursos humanos e
financeiros eram escassos.

A – Fez a sua formação escolar em Almada?

HC – Vim do Alto Alentejo com o exame de admissão feito
para vir estudar para Almada. Esta foi a vontade do meu pai,
que me pretendeu dar aquilo que ele não teve. Acabei por
estudar sempre à noite, na Escola Industrial Emídio Navarro,
uma escola que ainda hoje é uma referência.

A – O facto de ter sido operário conferiu-lhe a «mais-
valia» de conhecer bem as necessidades das populações?

HC – A «escola da vida», principalmente, quando passamos
por situações idênticas às dessas pessoas, dá-nos um grande
lastro para percebermos os outros. Não tive uma vida de
abundância, como não a tenho hoje. Foi uma vida de muito
trabalho, de muitos sacrifícios.
carreiras11

Veja mais em::::> CMAlmada

Vídeos

1989 Almada Plano Municipal
Conferência de Imprensa com a Presidente da Câmara
Maria Emília Sousa, Henrique Carreiras, Fátima Mourinho


Visita aos bairros em reconversão na Costa da Caparica

Simulacro de acidente de comboio 2002
O “Exercício Fertagus 2002” é o primeiro do género realizado em Portugal para testar a segurança e os planos de emergência nas linhas ferroviárias. A ideia partiu da empresa que explora o comboio sobre o Tejo quando no início deste ano assinou com a Câmara de Almada um protocolo destinado a elaborar o Plano de Emergência Externo integrado na rede do Serviço Municipal de Protecção Civil. O grupo de trabalho incluía ainda, refere o vereador Henrique Carreiras, “as três associações de bombeiros do concelho de Almada, a PSP, a Refer e responsáveis do Hospital Garcia de Orta”.

Incêndio Parque Campismo SFUAP 2000

Jantar de Homenagem 12/10/2007

Notícias

CM Almada
“Os Homens passam e as instituições ficam”.

SMAS Almada
Os Serviços Municipalizados de Almada, em particular, agradecem a Henrique Rosa Carreiras o empenho e competência dedicados durante 16 anos à administração destes Serviços.

Comandos Almada Seixal
O nosso país teria certamente uma muito maior dimensão se todos os governantes tivessem a entrega, disponibilidade, voluntarismo e dignidade de Henrique Carreiras.

>Rostos

Henrique Carreiras assumia o pelouro da Protecção Civil Municipal e a presidência do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada (SMAS).

A atribuição deste galardão é o reconhecimento da lucidez e da capacidade de trabalho, com que este homem contribuiu para a transformação de Almada durante mais de 20 anos.

Distrito Online
Henrique Carreiras é condecorado com a mais alta Insígnia municipal seis dias após de, por motivos de saúde, ter renunciado ao mandato de vereador na Câmara Municipal de Almada (CMA), após 21 anos de entrega à causa pública.

Setúbal na Rede
Henrique Carreiras, de operário a autarca

Cesario do Ginjal

Quando se trabalha com rigor, competência e honestidade, numa área extremamente difícil e delicada, como esta, que envolve os Bombeiros, as Forças de Autoridade e a População em geral, dificilmente se passa despercebido (no bom e no mau sentido).

Henrique Carreiras é o exemplo do ” Bom Autarca” sempre fiel aos seus princípios mas capaz de ouvir e atender qualquer voz livre e independente.

Cibersul

Gabriel Quaresma

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s